Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE
Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE - Portal Belmonte Notícias - A Notícia em Primeira Mão
parajumpers long bear coat red parajumpers jassen amsterdam canada goose outlet factory canada goose udsalg parajumpers long bear mantel braun

Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE

2 dez 2013

Na manhã de hoje (02) de dezembro, está acontecendo o Juri do acusado da chacina praticado no assentamento Caldeirão do Periquito na Fazenda Realengo, distrito de Floresta-PE. O acusado Wilson Camelo Avelino, 28 anos, é o principal suspeito.
Relembre o caso: 
 
Os corpos das seis vítimas da chacina ocorrida na última segunda-feira (18/05/2010), na Zona Rural do município de Floresta, no Sertão do estado, poderão ser exumados para ajudar a identificar os suspeitos do crime. As investigações foram assumidas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Foram mortos a tiros uma mulher grávida de cinco meses, uma criança de cinco anos, dois adolescentes e dois homens. No local do crime, o assentamento Caldeirão Periquito, na Fazenda Realengo, a polícia encontrou projéteis danificados. Segundo o gestor do DHPP, Joselito Kehrle, por enquanto não há necessidade para a exumação, mas esse procedimento poderá ser adotado a fim de reconhecer as perfurações nas vítimas e, assim, identificar o tipo da arma usada no crime. Ontem, a polícia realizou diligências em Ibimirim, a cerca de 20 quilômetros do local do crime, e em Floresta. Vinte pessoas já foram ouvidas e testemunhas, localizadas. A principal hipótese da polícia é que o crime tenha sido cometido por vingança, uma vez que o agricultor assassinado, Antônio da Silva Avelino, já havia sido preso por homicídio.

Prisão do Acusado:

Já está preso um dos acusados pela chacina que resultou na morte de seis pessoas na zona rural de Floresta. Entre os mortos, havia uma criança e uma mulher grávida. Policiais civis da Delegacia de Santo André em ação conjunta com policiais civis de Pernambuco conseguiram localizar na última quinta-feira (02) em Mauá-SP, Wilson Camelo Avelino, 28 anos, principal responsável pelos homicídios. O acusado foi detido por policiais da Delegacia da Mulher de Mauá, na Rua Fernando Costa e não resistiu à prisão. Foi expedido um mandado de prisão temporária contra ele, e a Justiça de Pernambuco irá solicitar sua transferência o mais rápido possível. A chacina teria sido motivada por desentendimentos por causa de drogas. Disputa por espaço do tráfico de drogas na região de Floresta. Wilson residia em Mauá e enviava drogas para aquele município. Em razão de uma desavença com o tio, Antonio Avelino da Silva, principal alvo da chacina, o traficante veio de São Paulo em companhia de comparsas para assassinar o tio e acabou matando as outras pessoas como queima de arquivo.
Fonte: O Povo com a Notícia
Comentários
Mais notícias