Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE
Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE - Portal Belmonte Notícias - A Notícia em Primeira Mão
cheap Windows MultiPoint Server 2012 Standard serial genuine windows 7 product key not valid nobis canada goose udsalg

Acusado de ser altor da chacina está sendo julgado hoje em Floresta-PE

2 dez 2013

Na manhã de hoje (02) de dezembro, está acontecendo o Juri do acusado da chacina praticado no assentamento Caldeirão do Periquito na Fazenda Realengo, distrito de Floresta-PE. O acusado Wilson Camelo Avelino, 28 anos, é o principal suspeito.
Relembre o caso: 
 
Os corpos das seis vítimas da chacina ocorrida na última segunda-feira (18/05/2010), na Zona Rural do município de Floresta, no Sertão do estado, poderão ser exumados para ajudar a identificar os suspeitos do crime. As investigações foram assumidas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Foram mortos a tiros uma mulher grávida de cinco meses, uma criança de cinco anos, dois adolescentes e dois homens. No local do crime, o assentamento Caldeirão Periquito, na Fazenda Realengo, a polícia encontrou projéteis danificados. Segundo o gestor do DHPP, Joselito Kehrle, por enquanto não há necessidade para a exumação, mas esse procedimento poderá ser adotado a fim de reconhecer as perfurações nas vítimas e, assim, identificar o tipo da arma usada no crime. Ontem, a polícia realizou diligências em Ibimirim, a cerca de 20 quilômetros do local do crime, e em Floresta. Vinte pessoas já foram ouvidas e testemunhas, localizadas. A principal hipótese da polícia é que o crime tenha sido cometido por vingança, uma vez que o agricultor assassinado, Antônio da Silva Avelino, já havia sido preso por homicídio.

Prisão do Acusado:

Já está preso um dos acusados pela chacina que resultou na morte de seis pessoas na zona rural de Floresta. Entre os mortos, havia uma criança e uma mulher grávida. Policiais civis da Delegacia de Santo André em ação conjunta com policiais civis de Pernambuco conseguiram localizar na última quinta-feira (02) em Mauá-SP, Wilson Camelo Avelino, 28 anos, principal responsável pelos homicídios. O acusado foi detido por policiais da Delegacia da Mulher de Mauá, na Rua Fernando Costa e não resistiu à prisão. Foi expedido um mandado de prisão temporária contra ele, e a Justiça de Pernambuco irá solicitar sua transferência o mais rápido possível. A chacina teria sido motivada por desentendimentos por causa de drogas. Disputa por espaço do tráfico de drogas na região de Floresta. Wilson residia em Mauá e enviava drogas para aquele município. Em razão de uma desavença com o tio, Antonio Avelino da Silva, principal alvo da chacina, o traficante veio de São Paulo em companhia de comparsas para assassinar o tio e acabou matando as outras pessoas como queima de arquivo.
Fonte: O Povo com a Notícia
Comentários
Mais notícias