As intensas chuvas que caíram nos municípios do extremo sul da Bahia durante mais de trinta dias, deixaram as Prefeituras em situações muito delicadas.  Todas as localidades foram atingidas pelas chuvaradas. Municípios como: Santa Cruz Cabrália, Guaratinga, Belmonte e Porto Seguro, com grandes malhas viárias, vários povoados e distritos, além de extensas periferias, terão pela frente dificuldades enormes para reconstruir os acessos, tanto nas zonas urbanas como no interior, recuperar as pavimentações asfálticas e calçamentos.

Os prédios públicos também foram danificados pelas chuvas, bem como, os equipamentos como praças e canteiros.
Os prejuízos são incalculáveis.  Os gestores alegam que não têm dinheiro para fazer as recuperações de uma só vez.  

Os institutos de metrologia apontam que haverá poucas chuvas nos próximos 15 dias. A situação também é delicada na zona rural. Todos as estradas vicinais da região estão destruídas. O município mais prejudicado na região é Guaratinga, com a maior malha viária do extremo sul.