O condomínio e as áreas comuns dos prédios são importantes para quem  mora em apartamento, pois muitas vezes são os únicos espaços abertos e áreas maiores são essas. Mas você sabia que todos tem deveres para manter a qualidade de vida nos condomínios?
 
Claro que boa parte das tarefas fica a cargo dos síndicos que devem fiscalizar como andam as coisas e sempre buscar por melhorias para esses locais. Pensando nisso, nós reunimos aqui uma série de dicas que vão te ajudar, seja você um morador ou um administrador de condomínio. Continue lendo e confira tudo!

Por que é necessário fazer ações preventivas nos condomínios?

É importante ter alguns cuidados para aumentar o cuidado com o apartamento, o que pode não só proporcionar aos residentes uma melhor experiência, mas também reduzir o custo do apartamento.
 
Com a nova pandemia do coronavírus, as pessoas passam mais tempo em casa, é preciso garantir que o estado do apartamento esteja melhor, para que os moradores sejam mais populares.
 
Existem algumas dicas importantes para aumentar o atendimento nos apartamentos e proporcionar aos moradores uma melhor qualidade de vida e maior segurança.
 
Em todos os apartamentos, a segurança e o bem-estar dos moradores devem ser priorizados. Por causa da segurança oferecida, muitas pessoas optam por morar em apartamentos, que são muito maiores do que as casas que dão diretamente para a rua.
Confira as 5 dicas que separamos para que você ofereça ao seu condomínio bem estar e os moradores se sintam mais seguros.

1. Dedetização do condomínio

Um dos principais itens a serem tratados nos condomínios e nos prédios residenciais é o controle de pragas. Pode ser difícil para síndicos e funcionários locais manter as instalações limpas e livres de pragas, por isso é importante manter contato com empresas especializadas neste assunto.
E mesmo com todas as medidas de limpeza, ainda assim é necessário ter cuidado com pragas que aparecem de repente e também em determinadas épocas do ano, como é o caso dos escorpiões que surgem mais na época de calor e chuva.
serviço de dedetização de condomínios e apartamentos deve ser feito de maneira preventiva, mesmo que não tenha sinais de que existem pragas nas áreas do prédio. Mas é sempre necessário lembrar que esse serviço deve ser implantado antes que surjam problemas e até mesmo evitar dores de cabeça para síndicos e residentes.
Portanto, o que indicamos em primeiro lugar é que você, seja síndico, seja morador, faça uma avaliação completa do condomínio e de todas as áreas comuns antes que surjam problemas.
Se já existe algum problema com pragas, aí é necessário encontrar umadedetizadora ainda mais rápido.  Uma empresa que faz dedetização deve ser escolhida com cuidado, faça orçamentos e encontre uma de confiança e com garantia dos serviços.

2- Mantenha as áreas comuns limpas e higienizadas

As áreas de condomínio são geralmente muito grandes e têm muito espaço para as pessoas se movimentarem. Portanto, mesmo que requeira esforço é preciso que esses locais estejam sempre limpos, até para evitar a infestação de pragas.
Para manter a higiene, é importante contratar uma empresa especializada no assunto, ou manter uma profissional de limpeza para realizar a manutenção.
 
Se o prédio não tiver condições de contratar diaristas, que seja pelo menos duas vezes por semana, e os outros moradores devem zelar pela continuidade da higiene local.
 
Por exemplo, em dias de chuva, esses locais de trânsito frequente podem ficar molhados e sujos, fazendo com que o piso fique escorregadio e apresentando riscos à saúde dos transeuntes. Se não tiver uma equipe de limpeza diária, os moradores mesmo podem revezar para secar.

3- Manutenção preventiva elétrica

A manutenção preventiva da parte elétrica também é importante para melhorar a segurança do condomínio e dos moradores. Muitos prédios usam peças elétricas para controlar o acesso de residentes, visitantes e prestadores de serviços.
 
Se alguns fios estiverem em estado crítico e quebrados, deixando alguns ou todos os condomínios sem luz, a falta de cuidado com a rede pode vir a causar grandes problemas, que não só prejudicam os moradores, mas também causarão muitos problemas aos síndicos. Portanto, é importante manter as partes elétricas do apartamento com frequência.
 
Quando o apartamento é muito velho pode ter a necessidade de trocar toda a viação, principalmente porque a cada dia nos apartamentos residenciais precisa-se mais de tomadas que aguentem alta tensão sem gerar piques de luz. Afinal, são televisores potentes, comadores, equipamentos eletrodomésticos e muitos outros.
 
Vale a pena fazer uma assembleia com todos os moradores para acertar esse tipo de manutenção, já que além das áreas comuns, pode beneficiar individualmente também.

4- Segurança

O que mais queremos na nossa casa é nos sentirmos seguros, por isso, pensar em meios de pror um condomínio mais seguro é necessário. Se for possível, porteiros são a melhor das alternativas, mesmo que geram um custo maior, mas no final das contas vale a pena esse investimento em uma pessoa controlando a entrada e saída, além de receber encomendas, etc.
Se não for possível, as câmeras são uma boa alternativa, pelo menos voltadas para os portões de entrada, hall, garagem e áreas de lazer. Lembrando que todos os moradores têm o direito de ter acesso às filmagens que serão feitas.

5- Invista na área de lazer

Nada melhor para a qualidade de vida em condomínios do que ter uma área de lazer onde é possível passar um tempo, levar os pets para passear ou tomar um pouco de sol. Mas não são todos os prédios que têm piscina e áreas grandes.
Mas mesmo nos menores é possível proporcionar isso, se no seu prédio tem uma área, mesmo pequena, coloque cadeiras, mesas e puffs que possam ser utilizados por todos os moradores. Mesmo em pequenos espaços é possível deixar o local confortável e aconchegante.
 
Gostou das nossas dicas? Comece a aplicar no seu condomínio ou sugira na próxima assembleia do condomínio, com certeza os outros moradores vão gostar da ideia.