A corrida por uma das cadeiras na Câmara de Vereadores do município este ano tende a ser uma das mais acirradas da história. Por isso, analisando os aspectos do  cenário político local aliado a enorme gama de pré-candidatos com várias possibilidade de se eleger, inclusive com destaque para o elevado número de postulantes jovens e mulheres, vejamos como poderá ser composta a Câmara de Vereadores de Belmonte em 2021.
O PSD poderá fazer 02 e com a sobra mais 01. O DEM deverá fazer 02 vereadores. Já o PCdoB também na mesma linha com 02 e mais 01 com a sobra. Enquanto que o PT caminha possivelmente para eleger 02 vereadores,  o PP e o Republicanos poderá fazer  01 ou 02.
Dependendo também do coeficiente as coisas poderão mudar e o DEM fará 03, PSD 03, PT 02 e caso o PP não faça nenhum o PCdoB poderá fazer 03.

Conclui-se, portanto, que o pré-candidato que obter 250 votos estará na briga e com 300 votos será eleito.

Dificilmente alguém irá superar um total de 350 votos, visto que não teremos junção de partido ou coligações, garantindo assim, que todos estejam no mesmo nível.  A sorte está lançada, então que vença o melhor.
 
OBS.: Lembrando ao leitor que essa é a opinião do nosso site.