O secretário Estadual da Saúde, Fábio Vilas-Bôas, foi às redes sociais, na noite desta quarta-feira (18), lembrar que devido à pandemia do novo coronavírus continua em vigor o decreto estadual que proíbe eventos com mais de 200 pessoas.

“Temos avisado diversas vezes que prevalece o decreto estadual PROIBINDO eventos em número superior a 200 pessoas. Quem está organizando festas de Revéillon sem respeitar esse limite corre o risco de perder o dinheiro e quem comprou idem”, escreveu Vilas-Bôas, ao salientar que “nenhum decreto municipal poderá passar por cima do decreto estadual vigente”.