Na madrugada deste domingo 21, uma bezerra nasceu com seis patas e surpreendeu vaqueiro e gerente da Fazenda Cariri nas imediações da cidade de Itapebi no extremo sul baiano, cidade que fica a 590 km de Salvador.

De acordo com o gerente da fazenda, Sebastião Rocha, 68 anos conhecido como ‘Tião’, o animal é fêmea e nasceu por volta das 5 horas deste domingo (21).

Ainda conforme informações de ‘Tião’ o estado de uma das bezerras é considerado saudável, consegue andar e se alimentar normalmente, já a com seis patas nasceu morta e onde deveria ser o umbigo as vísceras saíam pelo local”, disse.

“Acordei no domingo de manhã e fui para o curral e lá o vaqueiro me informou que a vaca havia parido dois filhotes e que uma das crias estava morta, quando fomos verificar a que estava morta descobrimos uma anomalia, [a bezerra] havia seis patas e as duas pernas a mais nasceram entre as pernas traseiras e a barriga”. Concluiu o gerente.

Pelo que a reportagem do ItapebiAcontece conversou  com uma veterinária no telefone, ela relata que se a bezerra estivesse viva, seria necessária uma avaliação melhor do animal. “Este caso específico trata-se de Anomalia Congênita, que suspeito ser o Schistosomus reflexus, que acomete os ruminantes (bovinos, ovinos, caprinos). Podendo ocorrer na monta natural ou nas técnicas reprodutivos. As causas se entendem desde as ambientais, infecciosas, agentes químicos ou até mesmo plantas tóxicas ou genéticas”. Disse.

“Digo suspeita porque não pude fazer a necropsia para confirmar, mas pelas fotos tenho quase certeza”. Concluiu.

De acordo com informações da fazenda, o animal já havia sido descartado e inclusive devorado por ‘abutres’.

O parto da vaca já era esperado pelo gerente da fazenda. “A bezerra que ficou viva não tem nenhuma debilitação. Ela consegue andar e também consegue mamar. Eu nunca vi algo assim, foi a primeira vez”, comentou o gerente.